Avião cai e deixa 157 pessoas mortas

Um avião de passageiros com 157 pessoas a bordo (149 passageiros e oito tripulantes, segundo uma estimativa de Ethiopian Airlines, a companhia que opera o voo) caiu neste domingo pouco depois de decolar da capital da Etiópia, Adis Abeba, como destino à capital do Quênia, Nairóbi. Segundo a TV estatal etíope, não há sobreviventes e, entre as vítimas, há pessoas de 33 nacionalidades diferentes.

O avião do voo ET302, um Boeing 737-800 MAX, desapareceu do radar seis minutos depois de decolar da capital etíope, por volta das 8h40 no horário local (2h40 em Brasília). O acidente ocorreu no localidade de Bishoftu, a cerca de 50 quilômetros ao sul de Adis Abeba. A companhia informa, ainda, que os trabalhos de resgate estão em andamento. A previsão era de que o voo chegasse por volta de 10h30 (horário local) no aeroporto internacional de Nairobi Jomo Kenyatta.

O primeiro-ministro de Etiópia, Abiy Ahmed, transmitiu condolências por meio de sua conta no Twitter. “O escritório do primeiro-ministro, em nome do Governo e do povo de Etiópia, quer expressar suas mais profundas condolências às famílias que perderam seus seres queridos no Ethiopian Airlines Boeing 737 em voo para Nairóbi, Quênia, nesta manhã”, disse, segundo o MSN.

O tipo de avião que caiu hoje é o mesmo da companhia indonésia Lion Air que caiu no mar em outubro do ano passado, 13 minutos após ter decolado da capital indonésia, Jacarta, deixando 189 mortos.

10/03/2019