Estudante do Cepa conquista bronze histórico para natação alagoana

A natação alagoana fez história neste final semana, durante sua participação no Campeonato Brasileiro Escolar de Natação, encerrado no domingo (24), no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. O Estado voltou com um bronze nos 100 m peito – conquistado pelo estudante Erick Nunes – e teve mais quatro resultados importantes em provas individuais e coletivas, algo que não acontecia há mais de 15 anos.

Aluno da Escola Estadual Moreira e Silva, Erick, um dos melhores atletas de sua geração obteve não apenas a histórica medalha de bronze nos 100m peito – inédita para a natação alagoana – como também ficou em 4º lugar nos 50m peito. Ele e seus companheiros Lucas Tarsis, Marcelo Nascimento e Pedro Gustavo Araújo também conquistaram o 4º lugar no revezamento 4x50m medley e o 5º lugar na classificação geral para a equipe masculina da Escola Estadual Moreira e Silva. Pedro Gustavo ainda ficou em sexto lugar nos 50m costas.

“Isso é consequência de muito foco, dedicação, treino e incentivo de nossos treinadores. Fico imensamente feliz por trazer essa medalha para Alagoas e para a nossa escola, já que conseguimos um excelente resultado também como equipe”, comemora Erick.

Fazendo história

Integrantes da delegação alagoana que viajou ao Rio de Janeiro, Henrique Vilela, diretor do Centro de Desporto e Recreação Cleonice Ramos, no Cepa, e Henrique Costa, presidente da Federação Aquática do Estado de Alagoas (Faeal), avaliam o desempenho alagoano no evento.

“Essas competições escolares, são experiências enriquecedoras em todos os sentidos para os nossos alunos/atletas, que brilharam e fizeram bonito no evento. Todos conseguiram melhorar suas marcas, tivemos excelentes resultados individuais e coletivos e voltamos pra casa muito orgulhosos dos meninos e meninas da natação alagoana. Isso é fruto do excelente trabalho que é desenvolvido pelos professores em Maceió e no interior. Alagoas tem muito a crescer, e tenho certeza que, em competições futuras, teremos mais resultados positivos”, declara Henrique Vilela.

Já o presidente da Faeal enumera os resultados históricos alcançados na competição. “Além da medalha de bronze nos 100m peito, Erick quebrou o recorde alagoano dessa modalidade. Há mais de 15 anos que a natação alagoana não subia no pódio em um evento estudantil. Em outras quatro provas, ficamos entre os oito melhores do país e a Escola Moreira e Silva teve dois resultados incríveis com a sua equipe masculina. Alagoas está no caminho certo e, para que essa evolução continue, é importante que todos que amam o esporte e a natação se unam ainda mais”, frisa Henrique Costa.

Equipe alagoana

Dezessete atletas integraram a equipe alagoana, selecionada por meio de torneio realizado pela Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC). Desse grupo, 14 são alunos da rede estadual de ensino.

Além de sua equipe masculina, a Escola Estadual Moreira foi representada também pelas estudantes Karine Vanessa Martins e Estefany Santos. Já a Escola Estadual Silveira Camerino enviou para competição alunos Débora Eduarda Oliveira, Luís Gustavo Brechó, Williames Adjalan e as irmãs Willyane e Jayane Xavier. O Cepa também foi representado por Cauã Inácio dos Santos (Escola Estadual D. Pedro II) e Abraão Joaquim da Silva (Escola Estadual Princesa Isabel), enquanto Arthur Charles Medeiros é aluno da Escola Estadual Sebastião da Hora, da Pitanguinha. Completam o selecionado Maria Júlia Soares Costa (Colégio Imaculada Penedo), Letícia Alves (Colégio Santíssimo Senhor, Maceió) e Jonatas Santos (Escola Municipal Douglas Apratto Tenório,de Penedo).

Ascom – 25/03/2019


Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/5/51/e3/reportercoqueiroseco/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009