As polêmicas de Piqué fora dos gramados

Poucos zagueiros do mundo têm um currículo como o de Gerard Piqué, Entre os principais títulos, uma Copa do Mundo, uma Eurocopa e quatro Champions League (três pelo Barcelona e uma pelo Manchester United).

O catalão, casado com a cantora colombiana Shakira, também é marcado por diversas polêmicas fora de campo. Na Espanha, chegou a ser classificado como o atleta mais odiado do país. Confira algumas histórias envolvendo o zagueiro do Barça:

Comemoração da tríplice coroa em 2015: na festa para comemorar o feito, o defensor pegou o microfone e gritou: “Obrigado, Kevin Roldán”, em referência ao rapper que participou do aniversário de 30 anos de Cristiano Ronaldo. Vídeos polêmicos do evento vazaram logo depois de uma derrota por 3 a 0 dos merengues contra o Atlético de Madrid.

Arbeloa: após a eliminação do Real Madrid na Copa do Rei no ano passado pela escalação irregular de Cheryshev, Piqué tuitou várias risadinhas. O jogador do Real disse: “Qualquer dia vamos vê-lo no Clube da Comédia falando sobre o Real Madrid. Meu amigo está obcecado pelo Real Madrid”. Piqué rebateu:  “Ele disse que é meu amigo, mas eu não o considero amigo, ele é um conhecido… Cono-cido”, brincando com a palavra “cono”, que significa “cone” em espanhol.

Identidade catalã: o zagueiro é um dos mais entusiastas defensores do referendo sobre independência da Catalunha. Por essa atitude, chegou a ser vaiado pela torcida espanhola em vários jogos oficiais.  Os catalães pregam uma autonomia em relação ao governo central espanhol, representado por Madrid. O treinador da Fúria, Vicente Del Bosque, já deu diversas declarações apoiando o atleta.

Fotografia polêmica com Ibrahimovic: em 2010 foi divulgada uma fotografia em que Piqué e Ibra (ambos no Barcelona) estavam encostados em um carro com as mãos dadas, praticamente como namorados. No final do ano passado, o zagueiro voltou a explicar o caso. “Eu tinha lançado a minha biografia e ele veio me parabenizar. Eu sou uma pessoa de tocar nas outras, e o fotógrafo tirou a foto. Eu não acreditei que isso viraria algo tão grande, com uma repercussão enorme.”

Discussão no Twitter com um restaurante: o centroavante Fernando Torres marcou em fevereiro deste ano seu 100º gol pelo Atlético de Madrid. “El Niño” disse que o hambúrguer do restaurante Don Oso, da capital espanhola, lhe deu sorte. O programa de rádio Deportes Cope colocou no Twitter que iria entrevistar o garçom que serviu o jogador. Piqué não perdeu tempo. “Era uma Natruscat (marca de carnes da qual o zagueiro é acionista), certamente. Agora falta saber quem era seu tatuador, o cabeleireiro e o taxista que o levou ao Calderón”. A emissora respondeu citando nomes fictícios. O zagueiro do Barça devolveu: “Em que restaurante Neymar jantou em Madrid?”, lembrando que o Deportes Cope havia dado a informação que o brasileiro havia jantado com dirigentes merengues. A emissora citou, em catalão, o dia e o horário do suposto encontro. Piqué encerrou a conversa de forma ácida: “Sinto muito e estou seguro que não estava. A última vez que esteve em Madri foi em 21 de novembro (quando o Barça goleou o Real por 4 a 0). Boa noite!”.

 

Yahoo

03/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *