Barcelona resolve cedo contra o Sevilla e segue na cola do líder Real

Messi e Suárez têm atuação destacada – o argentino com dois gols, o uruguaio com puxeta e assistência – e fazem Sampaoli sofrer no Camp Nou. Neymar também vai bem

O Barcelona chegou aos 69 pontos, mas não conseguiu assumir a ponta em razão da vitória do Real Madrid , que tem 71 (e um jogo a menos). O Sevilla, por outro lado, já não vence desde o dia 2 de março (três empates e duas derrotas) e perdeu boa parte da gordura acumulada para ir à Champions – é o quarto, com 58 pontos.

PRIMEIRO TEMPO

Bastaram 45 minutos para que o Barcelona pudesse definir a parada. Ou melhor, 33, quando Messi pegou rebatida da zaga de primeira e anotou o terceiro dos catalães. Antes, num jogo de pressão e contra-ataque, o Barça não havia deixado o Sevilla praticamente respirar. Aos 25, Messi cruzou, a bola resvalou em Mercado, e Suárez encontrou uma alternativa mágica – uma puxeta/bicicleta para abrir o placar. Logo depois, aos 28, Neymar disparou pela esquerda e cruzou para Suárez. O camisa 9 novamente foi inteligente ao preferir a assistência para Messi em vez da finalização. Gol do argentino e mais de meio caminho andado.

SEGUNDO TEMPO

Sampaoli voltou com Sarabia e Kranevitter, e o Sevilla melhorou ao ponto de criar oportunidades. O primeiro, principalmente, pôs Ter Stegen para trabalhar, mas também por que o Barça havia tirado o pé. Alcácer teve a chance de fazer o quarto, assim como Iniesta, que não aproveitou passe açucarado de Messi. No fim, Neymar viu Rico defender o seu chute de longe quando os visitantes já jogavam com dez – Vitolo foi expulso aos 45. Queda livre para o Sevilla.

ge

05/04/2017

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *