BBC acompanha missão em helicóptero e filma EI usando escudos humanos

Imagens mostram extremistas acompanhados por uma criança, o que impede militares de atacarem o grupo; prática é considerada crime de guerra.

Uma equipe da BBC teve acesso a uma missão contra o grupo extremista autodenominado Estado Islâmico (EI) em Mossul, no Iraque.

A partir de um helicóptero militar iraquiano, foi possível testemunhar o uso de escudos humanos pelos militantes islâmicos, uma prática considerada crime de guerra.

O helicóptero sobrevoa a cidade quando são identificados homens armados próximos de uma rotatória onde há uma bandeira do EI.

“Tem um caminhão lá. É para onde estão indo. Vão usá-lo para fugir. Precisamos que alguém cuide disso, por favor”, afirma um dos militares.

“Ok, entendido”, responde outro integrante da operação.

É neste momento que os pilotos do helicóptero percebem que não podem atacar.

“Estão armados. Tem uma mulher com eles? O que é aquilo? Uma criança? O homem está armado, mas está com uma criança.”

O piloto encontra então um alvo contra o qual pode disparar e pede permissão: “Posso atirar?”.

Ele atinge o alvo e ouve de volta: “Muito bem”.

g1

05/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *