Bombeiros farão visita a crianças internadas no Hospital Universitário

Ação social, em parceria com o Projeto Sorriso de Plantão, será neste sábado

 Projeto Sorriso de Plantão: ação é importante para aproximar a sociedade da corporação.
Projeto Sorriso de Plantão: ação é importante para aproximar a sociedade da corporação.

Em mais uma ação da Semana do Bombeiro Militar, diversos militares do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) irão realizar uma visita às crianças internadas no Hospital Universitário, localizado no Tabuleiro do Martins. A ação social, em parceria com o Projeto Sorriso de Plantão, será neste sábado (2), a partir das 14h.

A programação inicia com música aos pacientes da nefrologia por meio do sargento Elizaubo, saxofonista da banda de música do CBMAL. Em seguida, outras unidades serão visitadas culminando com a visita à pediatria, onde as crianças receberão alguns presentes das mãos dos bombeiros. Além de diversos militares voluntários, a ação contará com a presença do subcomandante-geral da corporação, coronel Paulo Marques.

Segundo a major Meidja Mesquita, médica pediatra, a ação é importante para aproximar a sociedade da corporação e, principalmente, alimentar o sonho das crianças que veem os bombeiros como verdadeiros heróis de carne e osso.

“A ação é exatamente esta: trazer alegria às crianças que estão internadas no hospital e já enfrentam uma dura rotina para a idade delas. Acreditamos que a visita com a nossa escada mecânica, além da demonstração de equipamentos utilizados em ocorrências, contribui para um dia diferente e alegre para as crianças. Essa parceria com o Projeto Sorriso de Plantão, através da enfermeira Maria Rosa, foi fundamental para a realização do evento”, explicou.

As crianças e adultos que tiverem interesse e possibilidade, de acordo com o quadro de saúde, poderão conhecer as viaturas internamente que estarão no estacionamento do hospital. A escada mecânica ainda será arvorada com um bombeiro e um integrante do Projeto Sorriso de Plantão, que acenarão para as crianças pela janela.

Rafael Calheiros – Agência Alagoas.