Cabeça de porco e ofensas: família muçulmana é coibida ao tentar construir casa

Cabeça de porco e ofensas: família muçulmana é coibida ao tentar construir casa

Uma família muçulmana vem recebendo pesadas ofensas ao tentar construir sua casa dos sonhos no subúrbio de Sidney, na Austrália. Vizinhos já teriam deixado cabeças de porcos sobre o carro do grupo, além de mensagens agressivas, com xingamentos e ameaças. Fugido do Iraque há mais de 20 anos, o patriarca Adnan Ali colocou sua pequena residência abaixo, em Toongabbie, para construir uma maior onde possa morar confortavelmente com a esposa e cinco crianças e, desde então diz que vive um pesadelo. As informações são do Daily Mail Austrália.

Segundo o Extra, Ali afirma ser alvo de uma campanha de ódio racista por vizinhos que não querem que ele more em sua rua. As mensagens deixadas teriam sido escritas em tapumes da obra, entre outros locais. Em algumas áreas, segundo ele, os agressores afirmam que “este é o último aviso”.

“Eu não sei por que eles estão nos odiando”, disse Ali em entrevista a um programa de TV local. Ele acredita que as cabeças de porco deixadas têm algo a ver com sua religião.

Os funcionários da obra também teriam sido advertidos, com violência, a não continuar o trabalho.

“Não perca seu tempo e dinheiro, seu porco gordo”, diz outra ofensa lançada a Ali.

15/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *