EUA pretendem apresentar até 2021 arma a laser capaz de abater mísseis

141115-N-PO203-057 ARABIAN GULF (Nov. 15, 2014) The Afloat Forward Staging Base (Interim) USS Ponce (ASB(I) 15) conducts an operational demonstration of the Office of Naval Research (ONR)-sponsored Laser Weapon System (LaWS) while deployed to the Arabian Gulf. (U.S. Navy photo by John F. Williams/Released)

Os Estados Unidos planejam desenvolver até 2021 uma arma a laser capaz de interceptar mísseis balísticos a partir do ar, informou hoje (14) o diretor da Agência para Defesa Antimísseis do Pentágono, vice-almirante James Spring.

Durante testes em fevereiro de 2010, após 16 anos de desenvolvimento, um protótipo armamento conseguiu destruir um míssil balístico movido a combustível líquido.

Em 2011, no entanto, o projeto de criação de uma arma laser aerotransportada, avaliado em cerca de US$ 5 bilhões, acabou sendo congelado pelo Pentágono.

Agora, segundo Spring, o projeto deverá ser retomado. “Queremos realizar uma demonstração definitiva até 2021”, revelou o porta-voz durante uma audiência no Comitê das Forças Armadas do Senado.

EBC