Ex suspeito de matar jovem grávida depõe e nega ter cometido o crime

Ex suspeito de matar jovem grávida depõe e nega ter cometido o crime

O ex-namorado de Mariana Freitas Rodrigues, de 17 anos, morta na 40ª semana de gravidez na noite de quarta-feira, em Alvorada, na Grande Porto Alegre, foi ouvido pela polícia na tarde desta quinta-feira. O rapaz negou o crime. Mas, de acordo com o delegado Edimar Souza, da 1ª DP de Alvorada, ele é considerado o principal suspeito do assassinato.

— O suspeito prestou depoimento e negou ter cometido o crime. Ele disse que passou direto pela rua da vítima, de carro, e não parou, na noite de quarta-feira. Estou ouvindo outras pessoas para investigar, mas tudo indica que tenha sido ele — afirmou o delegado.

O policial informou, ainda, que há uma mensagem do ex-namorado no celular da adolescente, pedindo que ela fosse ao seu encontro. Testemunhas ouvidas na delegacia disseram que o ex-namorado não queria ser pai, nem pagar pensão. Segundo os depoimentos, o rapaz queria que o atual namorado de Mariana assumisse a paternidade da criança, atesta o Extra.

Mariana foi baleada na cabeça por volta das 21h desta quarta-feira. Depois de encontrado, seu corpo foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Alvorada. A filha de Mariana continua na UTI neonatal da unidade e é acompanhada pelo avô materno. A menina é chamada de Manu.

12/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *