Felipão se irrita com protestos após goleada: “palhaços”

Com grande atuação na noite desta quinta-feira, o Palmeiras goleou o Melgar, no Peru, por 4 a 0 e garantiu a classificação para as oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecipação. Após a partida, o técnico Luiz Felipe Scolari reclamou, em tom de desabafo, dos protestos de parte da torcida contra seus jogadores por conta da eliminação no Campeonato Paulista.

“Devem ter umas quatro ou cinco pessoas sem noção, que não sabem o que dizem e ficaram gritando algumas bobagens para os jogadores. Se eles querem encontrar algum culpado, que gritem comigo, porque sou eu que escalo esses jogadores. Os jogadores venceram o jogo e ainda foram xingados. Se não estão contentes, vão lá e peçam à direção do Palmeiras a minha saída. Vou embora amanhã e acabou o assunto. São um bando de palhaços. São pessoas que não têm noção”, disse Felipão, segundo o Terra.

Sobre a partida, Scolari não quis classificar como perfeita. Para ele, o time teve o mérito de saber aproveitas as falhas do adversário.

“Nós sabemos a dificuldade dos 2300 metros. Também sabíamos que o Melgar ia jogar saindo para o jogo, porque apenas nos vencendo eles teriam chances de brigar pela Sul-Americana. É uma equipe que joga com muito toque de bola e aproximação dos atletas. Então tínhamos que ter uma boa marcação. Quando fizemos o primeiro gol, obrigamos eles a cometerem alguns erros, que aproveitamos. A equipe do Palmeiras não é maravilhosa, ganhou o jogo jogando bem e sabendo aproveitar as chances”, analisou.

Para Felipão, o gol marcado por Gustavo Gómez no início do primeiro tempo foi um fator determinante para a equipe construir o placar favorável.

“O primeiro gol de Gustavo Gómez nos deu tranquilidade. Sentimos um pouco o efeito da altitude mas quando aquele gol surgiu nos deu certa tranquilidade para trabalhar mais a bola e permitiu a equipe a sair um pouco mais para conseguir os espaços que pretendíamos”, concluiu.

O Palmeiras depende apenas de si para garantir o primeiro lugar do Grupo F, jogando em casa contra o San Lorenzo, no dia 8 de maio. Antes, o time estreia no Campeonato Brasileiro recebendo o Fortaleza de Rogério Ceni, no domingo, às 19h, também no Allianz Parque.

26/04/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *