Fogos de artifício são apreendidos em fiscalização do Procon

proconfogosartificios
Diversos fogos de artifícios foram apreendidos, na tarde desta quarta-feira, 15, pelo Procon/AL, em barracas montadas na Praia da Avenida e na parte alta de Maceió. A intenção é inspecionar a validade dos fogos de artifício e garantir a venda de produtos com segurança.

De acordo com a superintendente do Procon/AL, Flávia Cavalcante, nas barracas da Praia da Avenida foram encontrados fogos de artifício clandestinos e fora da validade.

“A inspeção foi uma recomendação do promotor de justiça Max Martins para fosse verificada a forma que os fogos estavam sendo comercializados. Encontramos fogos, especialmente traques, feitos em fábricas alagoanas, que não possuem autorização para produzir este tipo de material. Além disso, alguns fogos estavam fora da validade”, informou a superintendente do Procon/AL.

Flávia Cavalcante explicou ainda que os proprietários dos locais que apresentaram irregularidades têm 10 dias para apresentar a defesa no órgão fiscalizador. Eles serão autuados e poderão ser multados.

Os materiais irregulares serão remetidos ao Exército Brasileiro, responsável por realizar o descarte de forma correta.

O proprietário de algumas barracas na Praia da Avenida, Plínio Batista, informou que os fogos apreendidos foram produzidos em uma fábrica na cidade de Murici com documentos legalizados. Contudo, durante a fiscalização, os documentos estavam em Murici e não foram apresentados aos funcionários do Procon/AL.

“Concordo com a fiscalização e irei ao Procon para levar a documentação da fábrica. Irei responder pelo que está errado e vou tentar reaver parte dos materiais”, explicou Plínio Batista.
Priscylla Régia – Alagoas 24 Horas