Gosta do filme ‘O Jogo da Imitação’? Saiba que ele é 59% falso

f2bc07e75a925306c06bc26deb8d36f6

Sabemos que filmes inspirados em fatos reais tomam certas “licenças poéticas” para transformar os fatos que realmente aconteceram em um roteiro de cinema compreensível para o público geral, respeitando aquelas duas horas de duração. Porém, o quanto desta liberdade não acaba por deturpar a verdade histórica?

O site Information is Beautiful, do jornalista britânico David McCandless, se dedicou a repassar cena a cena 14 filmes de destaque realizados nos últimos anos a partir de eventos reais e testar a porcentagem de verdadeiro e falso em cada um deles, e acaba de publicar o resultado.

Enquanto a maioria dos títulos analisados supera a média de 75% na fidelidade do que é apresentado na tela, salta aos olhos o longa-metragem que mais fracassou neste quesito. ‘Jogo da Imitação‘, estrelado por Benedict Cumberbatch e Keira Knightley, tem apenas 41,4% de seu conteúdo correspondente à realidade.

“Alan Turing (o protagonista) realmente trabalhou como criptoanalista em Bletchley Park durante a guerra e foi preso por ser homossexual depois da guerra. Isto é verdade. A maioria do resto do filme não é. Para ser justo, reproduzir a incrível complexidade da Enigma e da criptografia em geral nunca seria ser fácil. Mas este filme simplesmente faz picadinho do registro histórico”, diz o resumo do site.

Entre os exageros do filme estão a personalidade com traços de autismo de Turing e sua relação com Joan Clarke (personagem de Keira Knightley), muito menos intensa na realidade.

Ironicamente, ‘O Jogo da Imitação’ recebeu 11 indicações ao Oscar, incluindo nas categorias principais (filme, diretor, ator, atriz coadjuvante, por exemplo) e venceu justamente a de roteiro adaptado, para Graham Moore. Pelo jeito, ele teve que ser muito criativo mesmo.

O ranking dos filmes analisados e sua porcentagem de “verdade verdadeira” ficou assim:

‘Selma: Uma Luta Pela Igualdade’ – 100%
‘A Grande Aposta’ – 91,4%
‘Ponte dos Espiões’ – 89,9%
’12 Anos de Escravidão’ – 88,1%
‘Rush: No Limite da Emoção’ – 82,9%
‘Spotlight: Segredos Revelados’ – 81,6%
‘Capitão Phillips’ – 80,4%
‘O Lobo de Wall Street’ – 80%
‘A Rede Social’ – 76,1%
‘O Discurso do Rei’ – 74,4%
‘Philomena’ – 70,9%
‘Clube de Compras Dallas’ – 61,4%
‘Sniper Americano’ – 56,9%
‘O Jogo da Imitação’ – 41,4%

 

Information is beaultiful

30/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *