Governador em exercício participa da comemoração de 20 anos da Araforros

Criada em Arapiraca, a empresa conseguiu conquistar o mercado nacional e até internacional

255985d2e0fe06809ba8ffd4ff36462f_L
Governador destacou os desafios de crescer em meio a crise. Paulo Rios

 

O governador em exercício Luciano Barbosa participou, na manhã desta segunda-feira (11), da comemoração dos 20 anos da empresa Araforros, realizada em Maceió.  O evento celebra o avanço da indústria de Arapiraca e liderança na fabricação de forros, portas sanfonadas e telhas de PVC em todo o Brasil.

“É uma história de sucesso. Quando a gente persevera, quando a gente pensa positivo é possível alcançar os objetivos e ir além. A Araforros,  criada em Arapiraca, conseguiu conquistar o mercado nacional e até internacional”, afirma o governador em exercício.

Governador ainda destacou os desafios de crescer em meio a crise. “A gente só vai vencer essa crise se perseverarmos, se tivermos orgulho do que fazemos. Reclamar não resolve, então temos que arregaçar as mangas e trabalhar”, diz Luciano Barbosa, governador em exercício.

Araforros relembra algumas histórias dessas duas décadas de existência e aproximar-se de seus representantes comerciais, inseridos em 16 estados do país, entre eles Bahia, Amazonas, Pará, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Para trabalhar o alinhamento de estratégias, seus gerentes e consultores vão apresentar as principais áreas da empresa, novas diretrizes, escopo do negócio e redesenho da área comercial

Há 12 anos, a Araforros abriu uma unidade industrial em Manaus, mas não abandonou as raízes em Arapiraca.

“Sinceramente, eu nunca poderia imaginar chegar onde estamos. Foram muitas conquistas vindas de uma pequena empresa que começou como uma revenda de forros de PVC, com apenas dois funcionários, e voltada apenas para o mercado do interior do Estado de Alagoas”, comemorou Leopoldo Beserra, diretor da Araforros, que hoje faz negócios em dois continentes e conta com parceiros como a Braskem, a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas.

Fabiana Muttis – Agência Alagoas