Homem que vivia com 12 meninas é preso por agressão sexual nos EUA

homem
Nos Estados Unidos, 12 meninas com idades entre 6 meses e 18 anos foram resgatadas da casa onde viviam com um homem em Feasterville, na Pensilvânia. Lee Kaplan, de 51 anos, foi preso por suspeita de ter relações sexuais com a mais velha. Segundo a polícia, os pais dela tinham entregado a filha para morar com ele quando a menina tinha 14 anos, depois que ele ajudou a família financeiramente.
A prisão aconteceu na quinta-feira, depois que a polícia recebeu uma denúncia de uma vizinha que se mostrou preocupada com o bem estar e a segurança das meninas.
A garota mais velha contou à polícia que ela e o suspeito são os pais das meninas de 3 anos e da bebê de 6 meses. Kaplan vai enfrentar acusações por estupro, contato ilegal com uma menor e atentado grave ao pudor.

A polícia tenta descobrir quem são os pais das outras crianças. Os pais da garota mais velha, Daniel e Savilla Stoltzfus, alegaram que as outras 9 meninas também eram suas filhas, mas elas não possuem documentos. Apesar da situação, todas estavam saudáveis, embora assustadas. Estão agora sob os cuidados de assistentes sociais.

Daniel e Savilla Stoltzfus vão responder na Justiça por negligência, por colocar em risco a vida de crianças. Os dois e Lee Kaplan estão detidos sob fiança de um milhão de dólares.
G1