Jornal diz que Cristiano Ronaldo deixou de pagar R$ 55 milhões em impostos

Jornal diz que Cristiano Ronaldo deixou de pagar R$ 55 milhões em impostos

Depois de Messi, é a vez de Cristiano Ronaldo ter problemas com a Justiça Espanhola. Segundo informação publicada pelo jornal espanhol “El Mundo”, o português teria deixado de pagar 15 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões) sobre um montante de 150 milhões de euros (aproximadamente R$ 550 milhões) que o melhor jogador do mundo recebeu de empresas sediadas nas Ilhas Virgens, consideradas paraísos fiscais.

A publicação informa que o atacante teria se aproveitado da Lei David Beckham, que garantia uma cobrança de impostos menor à atletas estrangeiros que atuavam no Campeonato Espanhol. No entanto, a regra deixou de existir no ano de 2014, após a reforma fiscal ocorrida no país, atesta o msn.

O valor de R$ 550 milhões é referente ao direito de imagem de Cristiano Ronaldo. Da quantia total, R$ 275,8 milhões é relacionado à imagem do atleta dos anos de 2015 a 2020. Esta negociação envolve as empresas Adifore Finance e Arnel Services, que teriam depositado a verba em uma conta na Suíça, que também é um paraíso fiscal. Já os outros R$ 275 milhões, que foram entregues ao jogador pela empresa Tollin Associates, são relacionados aos anos de 2009 a 2014.

O jornal informa que o valor de R$ 55 milhões de euros não pagos pelo atleta deveriam ser somados aos R$ 20 milhões que o craque arcou em 2014. A cotação divulgada pelo “El Mundo” nesta quinta-feira é maior do que a divulgada na última quarta-feira, que dizia que Cristiano Ronaldo teria deixado de pagar R$ 29 milhões. Os valores anunciados pelo jornal espanhol foram adquiridos pela revista alemã “Der Spiegel” no site “Football Leaks”.

25/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *