Menina de 3 anos que nasceu com a boca fechada faz cirurgia na esperança de poder comer e falar pela primeira vez

large_2c6a44d500000578-3237293-image-a-27_1442485329467

Muitas vezes as crianças nos mostram que podem ser verdadeiras guerreiras. Amethyst Santos, uma Filipina de apenas três anos de idade, foi submetida a uma operação nunca realizada antes na esperança de poder comer e conversar com sua família pela primeira vez.

A menina nasceu com a síndrome da hipogênese do membro oromandibular, uma combinação complexa de sintomas que é muito rara.

Além disso, a menina também nasceu sem mãos e pés, mas aprendeu a andar e brincar com suas duas irmãs mais velhas.

“Durante a gravidez, eu sangrei por quase um mês. Eles descobriram, aos cinco meses, que ela não estava completamente formada”, disse a mãe ao Mail Online.

Dias depois de Amethyst nascer, ela foi encaminhada ao Dr. Taps Gurango, chefe de cirurgia plástica no Philippine Children’s Medical Center, para entenderem um pouco mais sobre sua situação.

“Quando a vimos pela primeira vez nossa primeira preocupação foi a nutrição, por isso ela teve de ser encaminhada a um pediatra e alimentado através de um tubo indo para o nariz”, disse o médico ao Mail Online.

Levou três anos até que o médico estivesse convencido de que o pequeno corpo de Amethyst era forte o suficiente para ser submetido à complicada operação que era necessária para separar a mandíbula e o lábio da base da boca.

Após oito horas da primeira cirurgia, a boca de Amethyst estava parcialmente aberta, mas seu pequeno corpo estava cheio de dor.

“Depois da operação, quando ela chegou, ela não podia falar, ela não podia reclamar, mas nós poderíamos dizer que ela estava com dor”, conta o pai da menina ao Mail Online.

Poucos meses depois Amethyst teve uma segunda operação para reconstruir sua mandíbula. Mas quando ela foi anestesiada para operar, sua temperatura começou a subir e a operação teve de ser interrompida. Felizmente, depois de 24 horas, ela voltou ao normal e o médico sentiu que era seguro começar de novo.

Fazem dois meses desde o ultimo procedimento cirúrgico e agora a pequena menina está a caminho de sua recuperação. Ela está fora dos cuidados intensivos, mas ainda está no hospital.

“O que eu realmente espero é que sua boca seja totalmente aberta e ela possa falar claramente. Mas para que isso aconteça, Amethyst ainda precisará de outra cirurgia para substituir os dentes”, completa o pai.

Talvez ainda leve um tempo antes que a menina possa voltar para casa com sua família, mas aos três anos de idade, ela mostrou que é uma sobrevivente e que pode ser feliz apesar de todas as probabilidades negativas.

Esperamos que Amethyst se recupere logo e que possa rapidamente comer tudo aquilo que tem vontade!

Uma linda história de superação, não é mesmo?

Best

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *