Menina síria famosa em rede social tem casa bombardeada e quase morre, em Aleppo

b8de195c673ed210cc75753b01dcf935

A menina síria Bana Alabed, de sete anos que ficou famosa em uma rede social por relatar os horrores vividos por sua família e vizinhos, em Aleppo, contou que teve a casa destruída após um bombardeio na região. Segundo o Mirror, e ainda conta que quase morreu durante o ataque. Ela divulgou ainda uma fotografia na qual aparece coberta de sujeira e com o rosto consternado.

“Essa noite não temos casa. Ela foi bombardeada e eu fiquei nos escombros. Eu vi mortes e eu quase morri. – Banna #Aleppo”, escreve a menina no microblog Twitter, onde já conta com mais de 134 mil seguidores.

Internautas lamentaram a situação e desejaram força à garota que, nesta manhã, disse que a situação não melhorou em sua região. “Sob forte bombardeio agora. Entre a vida e a morte agora. Continuem orando por nós”.

A pequena Bana morra com a mãe Fatemah e outros parentes em Aleppo. Em entrevista recente à agência de notícias “Reuters”, a mãe da menina contou que a ajuda a usar a rede social. “Nos esforçamos para mostrar às pessoas nossas [vidas], para que possam agir. Nós apenas tuítamos o que pensamos”, disse.

J.K ROWLING

O caso de Bana tomou repercussão mundial depois que a escritora J.K. Rowling, autora da saga Harry Potter, entrou em contato com a família dela por meio da rede social. “Amo você também, Bana! Estou pensando em você, fique segura”, escreveu a britânica, que presentou a menina, fã de seus livros, com cópias digitais dos romances do menino bruxo.

 

Yahoo

28/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *