Michel Temer: Renan Calheiros se opõe às reformas por simpatia do eleitorado

Senador tem dado dores de cabeça ao Planalto. Colegas de bancada de Renan estão descontentes

DIDA SAMPAIO/ESTADAO

O líder do PMDB no senado, Renan Calheiros (AL), coloca-se contra as reformas trabalhista e da Previdência “tendo em vista o eleitorado de Alagoas”, afirmou o presidente Michel Temer. A declaração foi ao ar na noite desta 5ª feira (4.mai.2017), em entrevista veiculada pela RedeTV!.

“Renan é de muitas idas e vindas. Ele já foi e voltou, foi e voltou. Eu espero que ele volte”, disse o presidente. As reformas são as maiores prioridades na agenda do Palácio do Planalto. Mesmo sendo do mesmo partido do Presidente, Renan Calheiros tem trabalhado contra as mudanças, criticando-as publicamente com frequência.

A atitude do alagoano causa dores de cabeça no governo federal e tem desagradado outros peemedebistas. Perguntado sobre sobre a possibilidade de tirar de Renan a liderança do partido no Senado, Temer respondeu: “Aí quem decide é a bancada (…) eles [os senadores] não estão muito tranquilos com essa conduta do ex-presidente, do senador Renan”. São pelo menos 10 os senadores que pensam em depor Renan Calheiros da liderança.

Com Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *