Mulher de 71 anos se casa com rapaz de 17 após conhecê-lo no funeral do filho

casamento
A última coisa que Almeda Errell esperava encontrar no funeral de seu filho era um novo amor. Mas aconteceu: Almeda, de 71 anos, moradora do Tennessee, nos EUA, se apaixonou à primeira vista por Gary Hardwick, de 17 anos, após se conheceram no velório do filho de Almeda, Robert Errell. Três semanas depois, os dois se casaram. “Eu não estava atrás de um garotão, mas Gary apareceu. E logo de cara percebi que ela era único”, disse Almeda, que trabalha como caixa de um supermercado, ao jornal britânico “Mirror”.
Mãe de quatro filhos, Almeda já havia sofrido o baque da perda do marido, em 2013, agora sofrendo a dor da perda do filho mais velho, de 45 anos, morto após uma série de convulsões. “Eu me encontrei. Ia trabalhar aos prantos e todos me perguntavam por qual motivo. No fundo, eu estava à procura de um novo amor”, comenta Almeda.

almedagarycasamento
Já Gary conta que sente uma atração bastante sólida por mulheres mais velhas: seu último relacionamento foi com uma de 77 anos. Depois de se conhecerem no funeral de Robert, organizado por Lisa, sua esposa, o jovem e a mãe de luto não conseguiam parar de pensar um no outro. “Ela tinha os mais belos olhos azuis do velório. Quando disse à Lisa que eu tinha gostado de Alemda, ela me respondeu que era um sentimento recíproco e que gostaria de nos ver juntos”, conta Gary.

Os dois se reencontraram, então, no aniversário da filha de Lisa (neta de Almeda) e, a partir dali, passaram a se ver todos os dias. Duas semanas depois ela decidiu aceitar o pedido de casamento feito pelo rapaz. Eles trocaram alianças no quintal da casa de Almeda, onde aconteceu, finalmente, o primeiro beijo. Ao “Mirror”, Gary comentou sobre a noite de núpcias: “Foi maravilhoso. Ela é a mulher dos meus sonhos e nosso sexo não poderia ser melhor”.

EXTRA