Ondas derrubam ciclovia recém-inaugurada no Rio

Defesa Civil confirma duas mortes e um desaparecido. Outras três pessoas foram resgatadas

ciclovia-sao-conrado2
Ressaca derruba parte da ciclovia da Av. Niemeyer na altura da gruta da Imprensa (Foto: Custódio Coimbra / Ag. O Globo)

Uma parte da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, em São Conrado, zona sul do Rio de Janeiro, desabou na manhã desta quinta-feira (21). Ainda não há confirmação das causas mas, segundo testemunhas, fortes ondas atingiram o trecho.

A Defesa Civil do Rio de Janeiro já confirma pelo menos duas mortes. Há uma terceira pessoa desaparecida – acredita-se que no mar. Três pessoas ficaram feridas.

A ciclovia foi inaugurada em 17 de janeiro deste ano, tem 3,9 quilômetros e acompanha o litoral. Nem todos os trechos foram inaugurados ainda. O projeto total foi batizado de “Tim Maia” por ligar o Leme ao Pontal, como na canção do músico. A obra custou R$ 44,7 milhões.

ciclovia-sao-conrado3_1
Ressaca derruba parte da ciclovia da Av. Niemeyer na altura da gruta da Imprensa (Foto: Custódio Coimbra / Ag. O Globo)

Segundo o portal G1, há indícios de que a ciclovia desabou por falha de projeto. A reportagem falou com engenheiro do Crea-RJ que identificou que a obra não foi feita com suporte o suficiente para aguentar a força de ondas muito altas. As autoridades ainda não falam sobre as possíveis causas do acidente.

Época