Parque congela 5.000 peixes em pista de patinação no Japão

Segundo o parque, pista de patinação seria também de exposição sobre a vida marinha, mas público chamou a proposta de “desrespeitosa” e “repugnante”

fukuoka-space-world-frozen-fish-ice-skating1

Um parque temático no sul do Japão teve de pedir desculpas nesta segunda-feira por colocar em sua pista de patinação no gelo, aproximadamente, 5.000 animais marinhos congelados. A atração, inaugurada no dia 12 de novembro, recebeu uma série de críticas dos japoneses.

O parque Space World, em Kitakyushu, afirma que a ideia era que a pista de patinação no gelo servisse também de exposição sobre a vida marinha. No entanto, as críticas nas redes sociais, principalmente na página do Facebook do parque, não demoraram e a proposta foi qualificada de “desrespeitosa” e “repugnante” por usar animais como brinquedos e pelo esbanjamento inútil de comida.

O site do parque apresenta hoje uma mensagem da direção reconhecendo que as opiniões desfavoráveis recebidas foram “algo grave”, e lamentando ter tido o “mau gosto” na hora de montar a atração. “Planejamos isto para que as pessoas pudessem aprender sobre os peixes, mas entendemos as críticas que chegaram”, afirmou o diretor do parque temático, Toshimi Takeda, em entrevista ao canal japonesa NHK.

Um vídeo do próprio Space World mostra peixes e crustáceos sob uma camada de gelo, alinhados como se estivessem “nadando” e inclusive formando uma seta ou a palavra “Hello” (Olá). Segundo funcionários do parque, os peixes foram comprados já mortos em um mercado local, e muitos deles não cumpriam os padrões para consumo humano.

Para descongelar os animais, a atração ficará fechada por um mês. Depois, será feita uma cerimônia fúnebre xintoísta para homenagear as almas dos peixes, algo que já estava nos planos do parque antes da polêmica.

Veja

28/11/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *