PM é flagrado usando veículos da BM como carro particular

Soldado foi filmado e fotografado entre 14 e 30 de março. BM instaurou inquérito. RBS tentou contato, mas ele não atendeu ligações

Um policial militar foi flagrado usando veículos da Brigada Militar para fazer serviços particulares. Em uma das situações, o PM é visto fazendo compras em um supermercado e em outra é flagrado levando uma adolescente para a escola. A reportagem é do Grupo de Investigações (GDI) da RBS.

O soldado Juliano Wieczorek da Rosa, que trabalha há sete anos na BM, foi filmado e fotografado entre os dias 14 e 30 de março. O PM utilizava diferentes carros da corporação.

No dia 23 de março, além de deixar a adolescente na escola, às 7h40, levou a mulher à Unidade Básica de Saúde na Rua Professor Doutor Pita Pinheiro Filho, no bairro Camaquã. Chegou no local por volta das 10h e lá permaneceu por uma hora. Depois, às 11h passou em um mercado na Rua Padre João Batista Reus enquanto a mulher ficou no carro.

Na semana passada, o veículo usado pelo policial ficou estacionado em frente à casa do PM por 1h30. A rotina revela que o policial usava a viatura da brigada como carro particular.

PM deveria fazer patrulhamento
O PM era escalado todos os dias para o patrulhamento escolar, comercial e bancário. Também era responsável por fazer orçamentos em oficinas para consertos das viaturas.

A Brigada Militar abriu Inquérito Policial Militar (IPM). A investigação poderá levar até 60 dias. O policial pode ser punido com advertência verbal, repreensão por escrito com prejuízos para futuras promoções. Depois o caso vai ser analisado pela Justiça Militar para verificar se houve crime.

O soldado deixou de fazer o patrulhamento nas ruas e agora executa serviços administrativos. A decisão foi tomada depois que o comandante viu as imagens gravadas pelo GDI.

“É uma falta bem séria. O nosso servidor não é orientado dessa forma. Até o clamor público nos pede essa atenção com a segurança pública. Nós exigimos e cobramos muito essa atenção com o policiamento externo e atenção com a comunidade” , observa o comandante do 1º BPM, tenente-coronel Alexandre Brite da Silva.

 A RBS TV procurou o soldado Juliano Wieczorek da Silva, mas ele não atendeu as ligações.
g1
04/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *