Polícia fez revistas na Suíça relacionadas a escolha da sede da Copa de 2006

c8a69a75b5c6403fbf4109b19ba6dfc551205bb3

Vários locais foram revistados na semana passada na Suíça dentro de uma investigação aberta sobre a concessão da sede do Mundial de Futebol de 2006 à Alemanha, confirmou o Ministério Público da Confederação (MPC).

A investigação do MPC, principalmente contra o ex-jogador Franz Beckenbauer por suspeitas de fraude e lavagem de dinheiro, afeta também Urs Linsi, ex-secretário-geral da Fifa, segundo o próprio ministério.

A investigação foi aberta em novembro de 2015 contra Beckenbauer em sua qualidade de presidente do Comitê de Candidatura da Alemanha para o Mundial-2006, assim como contra Horst Rudolf Schmidt, Theo Zwanziger e Wolfgang Niersbach, que faziam parte do comitê organizador do evento.

A investigação da justiça suíça analisa o pagamento de 6,7 milhões de euros realizados em abril de 2005 pela Federação Alemã de Futebol (DFB) a Robert Louis-Dreyfus (ex-presidente da Adidas, patrocinadora da DFB), segundo o MPC.

 

Yahoo

30/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *