Protesto bloqueia BR-101 em Novo Lino após morte de estudante

Motivo do ato foi o assassinato de jovem que é de Jundiá.
Moradores cobram mais segurança contra assaltos

prf_1

Moradores de Jundiá, na região Norte de Alagoas, interditaram a BR-101 na tarde desta segunda-feira (28) em protesto pelo assassinato de um estudante de 18 anos. O jovem foi baleado no sábado durante uma tentativa de assalto e morreu no hospital.

O trecho bloqueado fica no quilômetro três da rodovia. Os manifestantes atearam fogo a pneus e galhos de árvore. Eles cobram mais segurança na região para combater crimes como assaltos.

Os moradores reclamam da quantidade de assaltos na região. Segundo eles, dois casos foram registrados no último fim de semana.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local para negociar a liberação da pista. O trânsito está lento no local.

A PRF não tem informações sobre a tentativa de assalto e como o estudante foi morto.

g1

28/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *