Segunda edição do SISU começa na 2ª

Segunda edição do SISU começa na 2ª

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) oferece milhares de vagas em universidades públicas das cinco regiões brasileiras.

A primeira edição aconteceu em janeiro de 2010 e de lá para cá o número de vagas e as instituições participantes vêm aumentando.

Hoje, diversas universidades renomadas usam exclusivamente o Sisu para selecionar novos alunos. Várias delas aboliram o vestibular e agora preenchem todas as vagas de graduação por meio do sistema. É o que acontece na Universidade Federal da Bahia (UFBA), na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), na Universidade Federal do Tocantins (UFT), na Universidade Federal Fluminense (UFF) e na Universidade Federal do Rio Grande (FURG), entre tantas outras, atesta o msn.

Nas cinco regiões do País há também instituições que reservam parte de suas vagas para ingresso via Sisu.

São várias oportunidades de conquistar o sonho de cursar o ensino superior participando de apenas um processo seletivo em 2017!

Confira a seguir o cronograma do Sisu 2017, quem pode participar, qual a nota necessária para passar e alternativas para quem não conseguir uma vaga!

Cronograma do Sisu 2017

O Sisu acontece duas vezes por ano: no primeiro e no segundo semestre.

A primeira edição foi realizada em janeiro.

Na segunda edição do Sisu 2017, as inscrições podem ser feitas entre o dia 29 de maio (segunda-feira) e 1º de junho (quinta-feira).

O resultado do segundo Sisu de 2017 sai no dia 5 de junho.

O prazo para participar da lista de espera vai do dia 5 a 19 de junho.

Quem pode participar do Sisu 2017?

Pode participar do Sisu qualquer pessoa que tenha feito o Enem 2016 e não tenha zerado na redação. O Sisu não tem pré-requisitos de renda e o candidato pode tentar vaga em universidades de todo o País, mesmo que não more naquele estado.

Que nota preciso tirar no Enem para passar no Sisu 2017?

O Sisu não divulga com antecedência as notas de corte. Elas são calculadas diariamente, em função do desempenho dos candidatos a um mesmo curso, turno, modalidade de concorrência, faculdade e campus. Ao final do processo, o sistema preenche as vagas com aqueles que apresentaram a maior pontuação no Enem.

A concorrência do Sisu é alta. No ano passado, 82% das vagas oferecidas exigiram 600 pontos ou mais. As maiores notas de corte superaram os 800 pontos.

O que fazer se não passar no Sisu 2017

Dos grandes processos seletivos que usam a nota do Enem, o Sisu é o primeiro a abrir inscrições. Depois dele vem o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Se você não passar no Sisu 2017 e se encaixar nos critérios desses dois programas, pode tentar uma bolsa de estudos ou um financiamento para pagar a faculdade. Veja como funciona:

-ProUni: distribui bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades particulares bem avaliadas pelo MEC. Para participar do ProUni 2017, o candidato precisa ter feito o Enem 2016, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação, além de atender aos critérios de renda familiar e formação escolar. São duas edições por ano e não pode participar quem já tem diploma de nível superior

-FIES: financia o curso superior a juros baixos e prazo longo para pagamento das parcelas. A dívida só começa a ser quitada após a formatura. Pode se inscrever quem atende ao requisito de renda familiar e fez qualquer edição do Enem a partir de 2010, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. São duas edições por ano, no primeiro e no segundo semestre.

Caso não se encaixe nos requisitos do ProUni e do FIES, não desanime. Além de ter diversas opções de vestibular em 2017, você pode entrar em uma faculdade particular sem precisar prestar mais nenhum exame. É o chamado ingresso direto, no qual é possível apresentar a nota do Enem (várias aceitam qualquer edição) e, caso tenha a pontuação mínima exigida, já partir direto para a matrícula. As regras variam e o ideal é verificar o edital do processo seletivo no local onde você quer estudar.

26/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *