Senadora critica liberdade dos irmãos Batista e duvida de ameaças

Senadora critica liberdade dos irmãos Batista e duvida de ameaças

Diante da delação premiada dos irmãos Batista, donos da JBS, a senadora Katia Abreu (PMDB-TO) criticou, neste sábado, em sua conta no Twitter, o fato de ambos estarem livres em Nova York, nos Estados Unidos. Para ela, a delação da JBS e da Odebrechet deveriam ser tratadas da mesma maneira.

“JBS e Odebrechet não fizeram exatamente a mesma coisa? Ou estou enganada? Um está preso e o outro em NY? Para JBS o crime compensa?”, indagou a senadora, que considera a situação como “inaceitável”, informa o Extra.

Katia Abreu salientou ainda que há dúvidas quanto às ameaças que Joesley Batista disse ter sofrido, motivando sua ida ao exterior, como forma de proteção. Para ela, essa justificativa é “conversa fiada”.

De acordo com Katia Abreu, a empresa dos irmãos Batista “trabalhou duramente” contra sua nomeação no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Ela questiona ainda que razões estariam por trás desta atitude.

Em outro ponto de suas postagens, Kátia compara a situação da JBS com a da empreiteira Odebrecht.

21/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *