SMTT avança na implantação de ciclovias

1804-BR-104-Ciclofaixa-PF-0074-1024x683
A ciclofaixa na BR 104 ajuda os ciclistas a se locomover com segurança. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT) tem dado continuidade à implantação da ciclovia da BR-104, na Avenida Lourival Melo Mota, no sentido de quem vai do Eustáquio Gomes até a rotatória da PRF. Com extensão de 3,2 km, a ciclovia vai beneficiar os ciclistas levando mais segurança. A finalização do projeto aguarda apenas um novo processo de pintura dos cruzamentos rodocicloviários e a entrada pelo canteiro central.

“Maceió, assim como outras grandes cidades do país, tem a melhoria do sistema cicloviário como um desafio devido ao modelo de cidade construído com o passar dos anos. Apesar dos inúmeros benefícios do uso das bicicletas como meio de transporte, o espaço destinado a elas não foi pensado ao longo da história. O uso das bicicletas beneficia a saúde de quem as utiliza, a mobilidade urbana e o meio ambiente como um todo”, destaca o Prefeito de Maceió, Rui Palmeira.

A ciclofaixa na BR 104 ajuda os ciclistas a se locomover com segurança. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
A ciclofaixa na BR 104 ajuda os ciclistas a se locomover com segurança.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

No local da mais nova ciclovia já existem placas de advertência exclusivas ao trânsito de ciclistas, além de uma sinalização auxiliar de regulamentação para adequar o espaço ao recebimento dos ciclistas. “A sinalização semafórica foi implantada de forma exclusiva aos ciclistas por meio de semáforos que ordenam o fluxo, em todos os cruzamentos. Existe também a sinalização específica em cruzamentos rodocicloviários para redobrar a atenção dos motoristas e também alertar os ciclistas quanto à interferência de veículos em alguns pontos”, explica o superintendente da SMTT, Dário César Barbosa.

Com entrega inicialmente prevista para março, o projeto foi adiado por conta das chuvas que tem ocorrido no período da noite, quando o processo de pintura final seria executado. “Tem ocorrido muitas chuvas na madrugada durante o horário de execução do trabalho, o que prejudicou os prazos. A nossa pretensão é que a ciclovia seja finalizada nos próximos 15 dias”, aponta o superintendente.

Leonardo Araújo – Ascom SMTT