Trancada há seis meses, mulher é resgatada

Mantida em cárcere privado, vítima pediu ajuda após ver propaganda sobre violência contra mulher. Segundo Polícia Militar, ela estava abalada e suspeito de mantê-la em cárcere não foi encontrado.

Uma mulher de 64 anos, mantida há seis meses em cárcere privado pelo companheiro, foi resgatada nesta sexta-feira (7), em Brazlândia. Segundo a Polícia Militar, a própria vítima entrou em contato, por telefone, após assistir na televisão uma propaganda sobre violência contra mulher.

“O ambiente da casa era insalubre, sem condições de higiene, sem chuveiro e com restos de comida espalhados pelo chão”, informou o tenente Lélis, que participou da operação de resgate.

Policiais foram até o local do cárcere, situado na quadra 3, Setor Tradicional, em Brazlândia, e contaram ao G1 que a vítima estava “extremamente abalada e pedindo para ser libertada”. Ainda segundo informações da PM, trancada, a mulher era impedida de manter contato com familiares.

A equipe conseguiu entrar na residência, com o apoio do Corpo de Bombeiros, e resgatou a senhora que foi conduzida à Casa da Mulher Brasileira com alguns pertences pessoais.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Mulher e, até manhã deste sábado (8), o suspeito de mantê-la em cárcere privado ainda não tinha sido encontrado. Medidas protetivas de urgência foram impostas contra ele. O afastamento da vítima é previsto na Lei Maria da Penha.

Segundo a Polícia Militar, as denúncias de violência doméstica, como em casos de cárcere privado, seja contra mulheres, idosos ou crianças, podem ser feitas à equipe da Polícia Civil, pelo “Disque 197” ou à PM no “190”. No caso de violência contra a mulher, as vítimas também podem ligar no “Disque 180”, da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.

g1

08/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *