Trio armado invade hospital, rende policiais e resgata preso em Fortaleza

Policiais que faziam a guarda do preso tiveram as armas roubadas. Pacientes e funcionários do hospital passaram mal durante o ocorrido.

tiro2

Um preso foi resgatado na tarde desta sexta-feira (8) de dentro do Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, o Frotinha da Parangaba, em Fortaleza. Três homens armados invadiram a unidade de saúde durante o horário de visitas, renderam dois policiais que estavam no local e fugiram levando o prisioneiro.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o preso estava internado na unidade sob escolta policial há seis dias. Ele havia dado entrada no hospital com uma lesão a bala.

Um das funcionárias do Frotinha da Parangaba, que preferiu não se identificar, disse que o homem foi libertado no momento em que recebia atendimento médico.

Os três suspeitos armados invadiram a unidade hospitalar e renderam o vigilante que estava fazendo a segurança no portão de entrada. Eles seguiram para o interior do hospital e também conseguiram abordar os dois policiais militares. O trio libertou o preso e fugiu em um veículo Toyota Corolla, levando também as armas dos PMs.

Uma das atendentes do Frotinha da Parangaba disse que, no momento da ação, a unidade estava lotada de pessoas aguardando atendimento. Houve correria e muitos pacientes e funcionários passaram mal.

“Foi um momento de pânico, muita gente nervosa correndo e outras passando mal. Eu mesma não estou mais nem conseguindo trabalhar, porque sentimos muito medo. A insegurança é muito grande aqui”, relatou a funcionária.

Apesar do ocorrido, ninguém ficou ferido. O fugitivo foi identificado como Antônio Azevedo Fernandes, 30 anos, que havia sido autuado por porte ilegal de armas.

Policiais civis e militares estão realizando buscas pelas proximidades do Frotinha da Parangaba para tentar recapturar os suspeitos e prender os demais envolvidos. Porém, até o momentom, ningupem foi capturado. O caso está sendo investigado no 5º Distrito Policial.

g1.globo.com

08/07/16