Uneal concede o título de Doutor Honoris Causa a Mia Couto

Escritor é um dos maiores nomes da literatura mundial

f8f4ab85a86e8ed6acdbd6d3009032c5_L

Nesta sexta-feira (1), foi publicada, no Diário Oficial do Estado, a resolução que oficializa a concessão do título de Doutor Honoris Causa da Universidade Estadual de Alagoas ao biólogo e escritor moçambicano Mia Couto.

A proposta de outorga do título ao escritor foi elaborada pelo professor da Uneal, Edson Bezerra, em parceria com os estudantes africanos do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e aprovada pelo Conselho Superior (Consu), em abril deste ano.

De acordo com o reitor da Uneal, Jairo José Campos da Costa, a solenidade de outorga ainda não tem data definida para ocorrer, pois os preparativos passam a ser iniciados somente após a publicação da resolução no Diário Oficial.

Sobre o escritor

António Emílio Leite Couto, o Mia Couto, nasceu em 1955, em Moçambique. Além de escritor, é biólogo e jornalista, com mais de trinta obras publicadas. O romance Terra Sonâmbula é um dos mais aclamados. Entre os diversos prêmios que recebeu, destacam-se o Prêmio Camões de 2013 e o Neustadt Prize de 2014.

Clau Soares – Agência Alagoas